02 outubro, 2009

Tudo me será acrescentado?

Por Ruy Cavalcante

Mas buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas. (Mt 6:33)

Os mais desavisados, ou aqueles que pouco se preocupam com uma interpretação bíblica sadia, que infelizmente parecem ser maioria no meio “gospel”, diriam que este versículo é chave para promessas materiais e financeiras aos que crêem. Na maioria dos casos afirmariam, caso fosse perguntado e como pude comprovar em minha própria comunidade evangélica, que ele está aqui grafado da forma correta. Quantas vezes eu mesmo ouvi pregações em cima deste versículo, com esta grafia, trazendo em sua homilética “verdades” a respeito da prosperidade.

Porém, com um pouco mais de atenção, e consulta ao texto bíblico, perceberemos o erro aqui contido. Eis a expressão correta:

Mas buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. (Mt 6:33)

Não fosse o termo em destaque, confesso que seria difícil negar uma promessa não só material aqui contida, mas uma que abarcasse todas as áreas de nossa vida, mesmo considerando o contexto em que o versículo se apresenta. Porém ele está lá, e refere-se rigorosamente ao que, na frase, está definido imediatamente antes. Vejamos então, rapidamente, a que coisas este versículo faz alusão:

O contexto mediato deste versículo inicia-se no verso 25. Ali, Jesus alerta seus discípulos a não se preocuparem tanto com o que haverão de comer, beber ou vestir nesta vida, ou seja, não estarem ansiosos com as suas necessidades básicas. A partir de então ele explica o motivo para tal segurança que eles deveriam apresentar.

O verso 26, tratando da alimentação, que é básica para a manutenção da vida, assim como a bebida, demonstra como Deus sustenta as aves e como fará o mesmo com eles, devido o valor que seus discípulos possuem, superior às aves. Em seguida, a partir do versículo 28 ao 30, Ele apresenta uma verdade semelhante, agora a respeito das vestimentas, outra necessidade real e básica do ser humano após sua queda, mostrando como Deus “veste” o lírios do campo e como fará o mesmo com eles. Após reafirmar a necessidade de confiar em Deus quanto a estas coisas, Jesus cita o verso em questão, mostrando uma verdade imutável de Deus. Ele supre todas as necessidades daqueles que, abandonando o cuidado pelas suas próprias vidas, dedicam-se ao Reino de Deus e praticam a justiça que esta condição lhes impõe.

Portanto, a verdade é que este texto de fato faz promessas materiais, a mentira é que estas promessas não aludem à prosperidade financeira, portas abertas de emprego (salvo se isso for necessário para o sustento e não para afirmação social), carros ou coisas afins. A promessa material aqui contida refere-se ao sustento, ao suprimento das
necessidades básicas daqueles que o servem, simples assim.

Gostaria de finalizar indicando alguns textos que corroboram com tudo isso, caso lhe interesse, para análise dos mesmos, e de seus respectivos contextos:

I Reis 17:8-24; Salmos 37:25; Mt 7:7-11 (meu preferido, e não menos deturpado)

Fonte da imagem: http://images.quebarato.com.br/
.



3 comentários:

  1. Olá Ruy!

    Parabéns pelo conteúdo do blog e pela ênfase dada na principal mensagem de Cristo: o AMOR!

    Já estou seguindo.

    Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

    Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    Te espero lá!

    ResponderExcluir
  2. Ola irmão Hermes... estou honrado com sua visita, de verdade. Acabei com ela descobrindo que nao sou seguidor de seu blog, por pura distração, pois podia jurar que já havia me cadastrado, haja vista não haver um único dia que eu não o visite. Jesus já falou bastante comigo através de suas palavras irmão... graças a Deus por pessoas como você "subverterem" o Reino..

    Um grande abraço..

    ResponderExcluir
  3. irmao com certeza essas palavras q o irmao escreveste serve de muito alerta a muitas igrejas q so pregam prosperidade e abundancia
    infelizmente no nosso meio evangelico existe muitas pessoas q ainda nuam consegem enxegar q a nossa grande vitoria não se encontra na terra
    mas sim no ceu

    irmao q deus o abençoe e continue te usando como um canal de benção na vida de muitas pessoas amem

    ResponderExcluir

Somente comentários ofensivos serão moderados. Discordar de mim não é pecado, então discorde à vontade.