11 abril, 2012

Seja você mesmo, e morra!

Por Ruy Cavalcante

É incrível a quantidade de vezes que ouço, ou leio, especialmente nas redes sociais, diversos evangélicos com discursos do tipo: “melhor errar sendo eu mesmo, que acertar sendo alguém que não sou”, "jamais tentarei ser aquilo que não sou, prefiro ser eu mesmo", ou coisas semelhantes a estas.

Eu fico pensando:

Será que esta pessoa, irmã ou irmão, entende o que está dizendo? Será que apenas achou essa frase bonitinha e decidiu reproduzir? Ou será que de fato, além de jamais ter lido a bíblia, até agora não entende do que se trata o cristianismo?

Vou te ajudar irmã(o).

Um dos princípios básicos do cristianismo é que não sejamos nós mesmos, mas que sejamos aquilo que Jesus deseja. Se formos nós mesmos seremos sempre mentirosos, corruptos, imorais, prostitutos, porque é exatamente isso que somos.


"Pereceu da terra o homem piedoso; e entre os homens não há um que seja reto; todos armam ciladas para sangue; caça cada um a seu irmão com uma rede". (Mq 7:2)

Basta olhar para você. Quando resolve ser "você mesmo", não são estas coisas que pratica?

A verdade é que todos nós devemos encarar seriamente as cosequências de ser cristão, pois elas são grandes e indispensáveis e uma delas é que não devemos mais ser “nós mesmos”.


"Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, NEGUE-SE A SI MESMO, tome a sua cruz, e siga-me". (Mt 16:24)

Negar quem somos não é uma atitude dos fracos e sim dos fortes. Porém, parece haver um consenso de que isso é sinal de falta de personalidade. Talvez fosse se você abandonasse suas convicções para seguir as convicções de outra pessoa, de um líder, amigo ou namorado(a), mas quando o assunto é cristianismo, negar suas convicções e desejos pessoais para caminhar na convicções e nos desejos de Jesus é exatamente o caminho da porta estreita.

Quer mesmo ser um cristão radical? Radicalize nisso: em negar a si mesmo para trilhar os caminhos de Cristo. Esta é uma boa decisão a se tomar, pois o fim de quem deseja trilhar seu próprio caminho tem sempre como última parada, a morte.

Não pense você que cristianismo se resume a lágrimas nos olhos e biquinho no culto. Não irmão! Cristianismo se faz com santidade, amor, paz, justiça e a negação do eu!‎


"Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós..." (Rm 8:8-9)

Pense nisso...


Foto: Getty Images



3 comentários:

  1. Isso aí, maninho!

    Quer agradar a Deus? NÃO SEJA VOCÊ MESMO! Deixe CRISTO ser em você.

    Parece que dizer isso em nossos dias é o mesmo que assinar o nosso próprio atestado de óbito social, mas como nós não ligamos para isso... rs

    Abraço, Ruy.

    ResponderExcluir
  2. Assino embaixo ana..

    Se deixar de ser eu mesmo para seguir os passos de Cristo significar ser algém sem personalidade, espero ser absolutamente desprovido de pensamento próprio...

    Um verdadeiro "Maria vai com Cristo"...

    ResponderExcluir
  3. Boa, rs
    Gostei dessa...
    "Maria vai com Cristo" hahaha

    ResponderExcluir

Somente comentários ofensivos serão moderados. Discordar de mim não é pecado, então discorde à vontade.