12 junho, 2012

Risco iminente

Por Ruy Cavalcante
.
Não é novidade, para alguns cristãos, que estamos vivendo tempos difíceis e perigosos na igreja. Mas esse perigo, diferente de outros tempos, não se trata mais de um fator externo.
Não são os ataques externos de satanás que tem tornado o cristianismo sem credibilidade, mas aqueles que ele executa dentro de nossos templos e EBD’s. Não são mais as falsas religiões, as ciências humanas ou as perseguições religiosas, mas os falsos profetas ancorados em nossos púlpitos, esses tem abalado grandemente o cristianismo, e com o apoio da maioria dos cristãos.
A cada dia novas revelações recheiam nosso ego, mistificam nossa fé e norteiam nossa direção. Foi-se o tempo em que os ensinos cristãos eram baseados apenas na palavra de Deus, hoje a experiência pessoal é parte essencial do cânon cristão. Aliás, onde foram parar nossas EBD’s? Ela está praticamente em extinção nas grandes igrejas, especialmente as neopentecostais.
Ignoram-se as advertências divinas realizadas contra doutrinas que vão além do ensino bíblico, do que foi deixado a nós pelos apóstolos e profetas verdadeiramente inspirados e aptos a nos trazer a completa e suficiente revelação de Deus (Mt 11.13; At 2:42), donde destaco as seguintes:

"Todo aquele que vai além do ensino de Cristo e não permanece nele, não tem a Deus; quem permanece neste ensino, esse tem tanto ao Pai como ao Filho". (2 Jo 1:9)
"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema". (Gl 1:8-9)

Inúmeras vezes tive a oportunidade de ler e ouvir irmãos defenderem doutrinas extra-bíblicas de forma tão frenética, que nem Jesus teria a honra de ser tão resguardado assim por eles.

.
Pessoas pragmáticas, que não se importam com a verdade, mas se apegam apenas ao que funciona, mesmo que seus benefícios sejam apenas temporais, o que de fato são.
Minha intenção com este post não é falar sobre doutrina, mas alertar você, meu irmão e irmã, a tomar cuidado. Cuidado para vocês não se condenarem naquilo que aprovam amados (Rm 14:22). As advertências bíblicas são muito claras quanto ao que devemos considerar verdadeiro, e elas sempre se referem à exclusividade da revelação bíblica para fins de fé e prática.
Não aceite em sua vida nem em sua igreja doutrinas que não sejam bíblicas, mesmo que elas façam chover milagres, conforme bem enfatizou Lutero, o que é corroborado com os ensinos apostólicos (os verdadeiros).
Considere maldito, assim como nos ensinou Paulo, todo ensino, toda profecia, toda advertência que não for bíblica. Em suma, se for bíblico é de Deus, mas se não for bíblico NÃO É DE DEUS!
Mas para que vocês não se deixem levar por falsos mestres vocês precisam conhecer o Evangelho de Cristo, e não apenas conhecê-lo, mas cumpri-lo também, pois está é a marca dos que amam a Deus (Jo 14:21).
Essa é uma responsabilidade exclusiva sua, independe de seu pastor, líder ou “cobertura espiritual”. Você precisa ler, meditar, aprender e ser confrontado com a Palavra de Deus. É o conhecimento dela que te impedirá de padecer desnecessariamente (Is 5:13; Pv 10:21).

Faça isso, você não tem do que se arrepender depois.



3 comentários:

  1. Tenho buscado fazer a minha parte. Sou professor de EBD, da classe dos irmãos que estão se preparando pro batismo. Busco ensinar aos meus alunos a pura essência bíblica e implantar neles o hábito de ler, meditar e praticar a Bíblia. Além do meu blog, onde transmito mensagens bíblicas. Tudo se resume a isso: ensinar a Bíblia, sempre a Bíblia. Afinal de contas, o que destrói o povo de Deus é a falta de conhecimento.

    Jean Corrêa
    http://prosadecrente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo Jean, se cada um de nós fizer e agir diferente em nosso circulo de influencia, daqui a pouco o cristianismo volta a gerar mudanças concretas onde quer que ele se estabeleça..

    Sola Scriptura!

    Deus te abençoe nesse ministério tão importante. Paz.

    ResponderExcluir
  3. Postado la no Diario de uma adoradora, muito bom e claro esse texto. Parabéns

    ResponderExcluir

Somente comentários ofensivos serão moderados. Discordar de mim não é pecado, então discorde à vontade.